Lipoaspiração não é suficiente para acabar com a gordura


>



http://maisequilibrio.com.br/imagens/interacao/original/5/8-verdades-sobre-a-lipoaspiracao-5-596.jpg

Como fisioterapeuta que tratou de dezenas de pacientes depois de se submeterem a  lipoaspiração, sei que nao há como fugir da dobradinha exercicios x alimentação saudável para manter o resultado da cirurgia. A lipoaspiração não será suficinete para acabar com a gordura que tanto lhe incomoda. Mas vou explicar o porque da lipoaspiração, por si só, não mantem o corpo 'enxuto' por toda a vida.

Ao contrário do que parece, a gordura corporal é essencial para todo ser humano, pois protege o corpo das oscilações de temperatura e estoca energia para situações de doença, escassez e fome. O que causa o problema é o excesso de tecido gorduroso, a obesidade.

Algumas pessoas têm mais facilidade de unir as moléculas de ácidos graxos livres com o glicerol e produzem mais gordura. Em muitos obesos, há também a dificuldade de separar essas moléculas, o que complica a retirada de gordura do organismo, contribuindo para o aumento de peso e para a dificuldade de eliminá-lo.

A alternativa para retirar esse excesso de células de gordura é a lipoaspiração ou a abdominoplastia. Ao diminuir essas células, fica mais difícil de ganhar peso, mas não impossível. Se a pessoa fizer a cirurgia, mas não se alimentar corretamente e praticar exercícios físicos, voltará a engordar.

Pessoas com células multiplicadas que emagrecem têm mais facilidade para engordar novamente porque as células têm memória: elas continuam 'murchas' no corpo, mas enviam estímulos ao cérebro que alertam para a fome. Por isso é importante a alimentação saudável desde a infância e a adolescência para evitar a formação dessa gordura corporal, o que pode dificultar o emagrecimento na fase adulta.

E não são só os alimentos gordurosos que fazem a célula inchar. Qualquer alimento consumido em excesso pode ser transformado em gordura por causa das reações químicas, até mesmo um brócolis. Para manter o peso, a pessoa deve consumir a quantidade de calorias igual à queima calórica. Comer menos do que gasta faz emagrecer e consumir mais calorias, provoca o aumento de peso. Porém, esse desempenho não é regra e muda de pessoa para pessoa, já que existem os mais "gastadores" e os mais "econômicos".

Mais comum nos homens, a gordura intra-abdominal é perigosa porque pode provocar doenças cardíacas, já que cresce entre as vísceras e é mais difícil de ser eliminada. A gordura extra-abdominal ajuda a desenvolver a diabete. Para queimar essa gordura corporal, abuse dos exercícios físicos, principalmente os aeróbicos.

Quem não gosta de se exercitar, recorre às cirurgias. Mas tem que entender que o efeito é temporário.

Entendeu porque a lipoaspiração não é suficiente para acabar com a gordura?

Lipoaspiração não é suficiente para acabar com a gordura Lipoaspiração não é suficiente para acabar com a gordura Revisado by Faça Fisioterapia on 10:46:00 Nota: 5

Nenhum comentário