Procedimentos que estimulam produção de colágeno


>






Muito se tem falado desta proteína que o próprio corpo humano produz: o colágeno, formado por aminoácidos que compõe as fibras de sustentação da pele, garantindo que o corpo funcione bem, de dentro para fora. A deficiência do colágeno acontece através do avanço da idade, estresse ou queda hormonal. Pesquisas demonstram que após os 30 anos, a perda de colágeno é de 1% ao ano e, após os 50 anos, esta produção cai para 35%, em média. O resultado é a redução na elasticidade e hidratação da pele. No entanto, através de um mix de tratamentos estéticos que estimulam a produção de colágeno no corpo é possível melhorar a aparência da pele e, inclusive, retardar o envelhecimento.

Existem três procedimentos que promovem o estímulo do colágeno: radiofrequência, criofrequência e microagulhamento.

A Radiofrequência e a Criofrequência são procedimentos que atingem as camadas mais profundas da pele através do calor. É esse calor que estimula a formação de novas fibras de colágeno e elastina, promovendo a neocolagenase. A diferença de um equipamento para o outro é que a crio, como é também conhecida, traz uma ponteira de resfriamento ultra gelada que, quando aplicada na superfície da pele, preserva o tecido do calor gerado pela radiofrequência, potencializando um estímulo maior da produção de colágeno. Estes dois tratamentos são bem abrangentes e podem trazer diversos benefícios como diminuição de edema, diminuição de gordura localizada, melhora do contorno corporal, diminuição da flacidez e melhora da celulite - no caso da Criofrequência. Já, a Radiofrequência, sem o resfriamento da ponteira, é utilizada para cicatrização de acne, estrias e flacidez. Os dois procedimentos são indicados para casos de flacidez facial e do pescoço, flacidez corporal, gorduras nos braços, abdômen e coxas, gordura localizada no pescoço, braços, costas abdômen e culote, além de celulite. Os resultados são rápidos e podem ser notados logo nas primeiras sessões.

Já o Microagulhamento é uma técnica que reduz a flacidez da pele do rosto e aumenta a produção de colágeno, além de colaborar na redução de manchas, cicatrizes, rugas e marcas de acne. O procedimento é realizado com um rolo que contém microagulhas de tamanhos variados que causam pequenas lesões na pele, estimulando assim a função dos fibroblastos, células responsáveis pela produção de colágeno na pele. São esses micro-furinhos que proporcionam uma melhor absorção dos produtos aplicados. Este tratamento é realizado em sessões mensais, com duração de, aproximadamente uma hora. O resultado é notado mais no longo prazo e requer cuidados no home care, ou seja, deve ser feito em casa aplicações de produtos específicos para a pele.
Procedimentos que estimulam produção de colágeno Procedimentos que estimulam produção de colágeno Revisado by Faça Fisioterapia on 04:27:00 Nota: 5

Nenhum comentário