35 perguntas e respostas sobre o Manthus


>



É um aparelho computadorizado com exclusivo cabeçote tripolar, que gera, simultaneamente, ondas de ultra-som de 3 Mhertz e correntes estéreo dinâmicas, polarizadas ou não polarizadas no modo contínuo e pulsado, permitindo que o combate a celulite e gorduras localizadas sejam mais rápido e efetivo, podendo ser eliminado até 4 centímetros de gordura localizada.

1. O Ultra Som de 3 MHz atinge órgãos internos?
O US de 3Mhz não atravessa toda a camada de músculos situada abaixo do tecido adiposo, portanto não atinge órgãos internos, desde que as doses de tratamento sejam respeitadas. A atenuação do US de 3Mhz para o músculo é de 50% para cada 3 mm e, portanto, é impossível atravessar um abdome de 3cm de espessura utilizando doses recomendadas pela OMS..

2. Posso colocar gel que causa hiperemia para usar como meio de contato para o US?
Dependendo da sensibilidade de seu paciente a tais substâncias hiperemiantes. Deve-se consultar se o mesmo apresenta reações alérgicas. Estes ativos não devem ser utilizados no programa fono-ionto-poração.

3. Por que não é indicado usar o US mais que 20 minutos?
Pelos efeitos secundários que ele pode produzir, tais como: redução do nível de glicose no sangue, fadiga, irritação, anorexia, stress e até tendências a resfriados (acredita-se que estes efeitos podem ocorrer em doses excessivas).

4. Posso usar o US após a mesoterapia para "espalhar" enzimas?
Não. O US desnatura enzimas, reduzindo sua ação em 73% dentro de 15 minutos de aplicação, portanto a afirmação de que o US "espalha" enzimas injetadas não tem nenhum fundamento.

5. Por que o Manthus e o Avatar IV possuem cabeçotes tão grandes?
Pois estes proporcionam maior efetividade ao tratamento. Os cabeçotes pequenos restringem as áreas de trabalho, tornando o tempo de terapia muito longo. Com os cabeçotes de 15cm2 , podemos tratar áreas grandes como glúteos e abdome em apenas 20 minutos. (Ver questão 4)

6. Por que devo usar o Ultra Som de 3Mhz para a Estética?
O US de 1.0 Mhz é usado em estruturas mais profundas (músculos, tendões, bursas), pois ele é pouco absorvido em estruturas superficiais e em tecido adiposo. Ao contrário, 3.0 Mhz deverá ser usado em estruturas superficiais, pois a energia é absorvida nos tecidos que estiverem entre 1 e 3,8 cm abaixo da superfície da pele (este no caso do Manthus e Avatar IV).

7. O ENDHERMAX (vácuo-terapia) deve ser usado antes ou após aplicação do Manthus?
O ideal é após o Sonophasys-R, onde já foi feito o efluxo da gordura e a vácuo-terapia realizará uma drenagem a vácuo, otimizando os resultados do tratamento.

8. Posso usar o Manthus em um pós-cirúrgico?
Sim, tanto o Manthus como o Avatar IV, pois ambos promovem um aumento da atividade biológica resultando na absorção de hematomas e exsudatos rapidamente. Neste caso, a aplicação deve ser no modo pulsado

9. Quais são os objetivos da Terapia Combinada do Manthus?
O Manthus otimiza as funções de lipólise e ativação do sistema vegetativo (melhorando o ataque e remoção de gordura localizada); utilizar a iontoforese e fonoforese (mesoterapia sem agulhas) para introdução de fármacos e princípios ativos; hidrolipoclasia; através do cabeçote de grande área, otimiza a lipólise ultra sônica, aumentando assim a área a ser tratada e diminuindo a exposição ao ultra som, além da possibilidade de administrar apenas correntes em afecções circunscritas.

10. No programa que realiza a lipólise, após o término do uso do US, posso continuar trabalhando só com a corrente?
Deve, desde que a dose do US seja zerada. É também necessário que se aumente a modulação de freqüência para estimular o vaso linfático. Lembrando que a dose de corrente é graduada de acordo com o limite do suportável da paciente, não devendo jamais provocar dores ou desconforto ao mesmo.

11. Para tratar celulite devo usar um composto com polaridade positiva ou negativa?
A mais indicada seria a polaridade positiva devido a fuga de líquidos (anaforese).

12. Como escolher a dose do Ultra Som?
A dosimetria deve respeitar os índices de atenuação, portanto devem ser tais que o tecido a ser tratado receba no mínimo de 0,7W/cm2. Como a cada 1,5cm de gordura há uma atenuação de 50% na intensidade, para tratar uma camada de 1,5 cm de modo que toda a camada receba pelo menos 0,7W/cm2, devemos ajustar uma dose de 1,5W/cm2 e assim por diante.

13. Tenho dúvidas quanto à aplicação do Sonophasys, gostaria de orientações técnicas e formas de aplicação do mesmo?
Para informações técnicas e formas de aplicação é importante realizar o treinamento sobre o aparelho MANTHUS nas instalações da KLD localizada na cidade de Amparo/SP, onde há um embasamento teórico-prático sobre todas as formas do correto uso do aparelho.

14. Qual seria o gel “ideal” para uso do de Ultra Som, principalmente para Manthus e Avatar IV?
O gel ideal para trabalho com qualquer tipo de Ultra Som deve ser desprovido de bolhas, com aspecto límpido, transparente, inodoro e sem a presença de aditivos (álcool, essências, etc). A quantidade ideal de gel é aquela que permite que o cabeçote deslize livremente, sem aderir a pele do paciente

15. É necessário o uso de melange com polaridade definida no programa Phono Ionto Poração?
Sim, pois a iontoforese é baseada no princípio geral que cargas iguais se repelem e cargas opostas se atraem, portanto é necessário saber a polaridade do princípio ativo para que seja colocada a mesma polaridade no parâmetro “polaridade do cabeçote”.

16. Devo me preocupar com o parâmetro Temperatura que está na tela do Manthus sendo que este é controlado automaticamente pelo equipamento?
Não. Deve-se preocupar com a quantidade de gel, , com os relatos de seu paciente e principalmente com o movimento do cabeçote pois este realizado de forma incorreta pode prejudicar os resultados de sua terapia e danificar seu equipamento.

17. Como deve ser o movimento correto para o manuseio do cabeçote?
Para que todas as áreas recebam uma dose uniforme é necessário que o movimento seja lento mas jamais parado. A velocidade de deslocamento afeta os efeitos do Ultra Som em profundidade. O cabeçote não deve ficar parado sobre um mesmo local e também não deve ser movimentado muito rápido pois não haverá tempo do tecido entrar em ressonância. O melhor procedimento é o movimento circular deslocado em uma velocidade de 1 a 2 cm/segundo. Em áreas de trabalho extensas aconselhamos que seja dividida em quadrantes.

18. Posso reutilizar o gel de uma área para a outra?
Não é aconselhável, pois geralmente após o seu uso em uma região há a formação de microbolhas, seu aspecto se torna turvo, o que indicará uma má condução.

19. O uso do DIU é contra indicação para o Manthus?

Não,pois a profundidade do equipamento não atinge órgãos internos e as correntes não possuem capacidade de mover o mesmo do lugar.

20. Mulheres grávidas podem manusear o equipamento?

Sim, gestantes podem manusear o equipamento,porém não podem receber o tratamento.

21. Pode-se tratar 2 áreas na mesma sessão?

Depende do tamanho da área. Por exemplo: se você contou quantos cabeçotes cabem numa determianada área, levando em conta que para cada cabeçote o tempo é de 1 minuto, e nesta área couberam 12 cabeçotes, então o tempo será de 12 minutos, sobrando 8 minutos para trabalhar em outra área,desde que nesta área o numero de cabeçotes seja igual a 8.Portanto trabalhar uma ou duas áreas, dependerão do tamanho das mesmas.

22. Qual o melhor programa para tratar gordura localizada e celulite?

Os dois programas são indicados para estes tratamentos e o ideal é sempre intercalá-los durante o decorrer das sessões. Poderá ser realizado uma sessão em cada programa.

23. Quantas vezes por semana realizo o tratamento ?

Na mesma área o tratamento deverá ter intervalo de pelo menos 1 dia,podendo ser feito de 2 a 3 vezes por semana.

24. Devo dar intervalo entre um tratamento e outro?

Depois de 15 a 20 sessões consecutivas, é necessário dar intervalo de pelo menos 15 dias para reiniciar outra bateria de sessões,visto que depois de um pequeno intervalo,os resultados que estavam num processo de acomodação voltarão a responder novamente.

25. As freqüências das correntes são iguais para tratamentos de patalogias diferentes?

Sim, porque tanto no programa Sonophasys bem como no Phonoiontoporação,as freqüências estão relacionadas ao funcionamento da corrente e suas especificas finalidades,não tendo relação direta com camada adiposa,grau de celulite ou com pós cirúrgicos recentes ou tardios.

26. O que pode influenciar o aumento da temperatura do equipamento?

Gel que já perdeu a condutividade tornando-se desta forma leitoso ,opaco,quantidade insuficiente do mesmo,movimentos muito rápidos ou girar muitas vezes no mesmo lugar, e principalmente a falta de acoplamento do cabeçote.

27. Qual a diferença da iontoporação e phonoiontoporação?

Iontoporação emite apenas correntes(iontoforese+macroporação) e Fonoiontoporação é o uso simultâneo do Ultrassom e as correntes(US+iontofores+macroporação)

28. Quando uso Phonoiontoporação?

Em todas os programas em que o Ultrassom é necessário tais como: celulite grau I ,II e III,gordura localizada e pós cirúrgico.

29. Quando devo usar somente iontoporação?

Quando a área apresentar somente flacidez cutânea, como por exemplo, um braço magro que não apresenta gordura localizada ou celulite.

30. Posso usar a opção Hidrolipoclasia sem a colocação de soro?

Sim, pois a dose emitida neste programa é exelente para gordura localizada compactada e não muito espessa,ou, celulite/fibrose associada a camada adiposa pequena.

31. É necessário realizar a drenagem linfática Estereodinamica?

Extremamente necessário,pois esta etapa é a continuação do programa e nesta modalidade de drenagem as correntes atingirão uma profundidade que somente nossas mãos não conseguem alcançar.Realizamos manobras com o cabeçote que imitam as manobras manuais e as correntes aumentarão o fluxo e a velocidade da linfa.

32. Posso utilizar o Phydias como programa metabólico?

É muito importante utilizar o Phydias logo após o programa Sonophasys , com a finalidade de exercer atividade metabólica ,e para isto,usamos sempre o protocolo Estágio I“, onde simularemos trabalhos de pouca carga e muitas repetições(gasto calórico)

33. Quais recursos poderei associar depois do programa Sonophays?

Massagem modeladora/turbinada, Estimulação Eletronica-Russa- Phydias, Carboxiterapia, plataforma vibrátoria, vacuoterapia, Endermoterapia, intradermoterapia entre outros.

34. E no programa Phonoiontoporação,quais recursos posso associar?Uso estes recursos antes ou depois da introdução dos ativos?

Neste programa todos os recursos deverão ser utilizados ANTES da introdução dos ativos para não promover a eliminação dos mesmos. Os recursos serão os mesmos utilizados no programa Sonophasys como citado acima.

35. Quanto tempo no pós parto pode-se iniciar o tratamento?

Parto Normal após 30 dias ( na região abdominal ),e cesárea após 60 dias também na região abdominal,porém tratamentos em outras áreas poderão iniciar-se a partir de 20 dias.Lembrando que mulheres que estejam amamentando não deverão ser expostas ao programa Phonoiontoporação.

Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

2 comentários:

  1. Boa tarde, a mulher que está iniciando a gestação, sendo Fisioterapeuta e portanto manuseando aparelhos de estética, quais equipamentos pode ser usado por ela? Heccus, lipocavitacao, laser, Carbox, alta frequência... sei q a radiofrequência não pode ser usada, mas gostaria de saber se esses outros posso aplicar nas minhas clientes sem risco pra minha gestação.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, a mulher que está iniciando a gestação, sendo Fisioterapeuta e portanto manuseando aparelhos de estética, quais equipamentos pode ser usado por ela? Heccus, lipocavitacao, laser, Carbox, alta frequência... sei q a radiofrequência não pode ser usada, mas gostaria de saber se esses outros posso aplicar nas minhas clientes sem risco pra minha gestação.

    ResponderExcluir