Inverno chegando, é a hora de fazer peeling


>



O inverno é a melhor época para realizar o peeling facial, pois devido ao tratamento, a pele fica muito sensível à exposição solar, podendo ocasionar no aparecimento das manchas no pós-tratamento.

Para quem não sabe, o peeling é um tipo de renovação cutânea onde promove-se uma esfoliação em diversos graus.

É um tratamento indicado para suavizar as rugas e linhas de expressão, estimula a produção de colágeno, deixando a pele com aspecto saudável.

Tipos de Peeling

1) Peeling com luz pulsada: atualmente procura-se utilizar equipamentos que não promovam uma descamação tão severa. O tratamento consiste na aplicação de uma luz pulsada que provoca um leve desconforto. São necessárias de três a quatro sessões quinzenais ou mensais. No local das manchas formam-se crostas (casquinhas) escuras, depois estas caem, e assim atenuam. Este tratamento também pode ser utilizado para acne e rejuvenescimento;

2) Peeling com microdermoabrasão (ou peeling de cristal): é um aparelho que libera cristais com a função de promover um rolamento de suas partículas sobre a pele, esfoliando-a de forma homogênea e segura. São realizadas quatro sessões semanais e não há necessidade de afastamento das atividades diárias. É indicado para linhas de expressão, cicatrizes de acne, poros dilatados e aspereza cutânea;

3) Peelings superficiais seriados: realizado com ácidos, esse tipo de peeling promove descamação leve e não necessita de afastamento das atividades. São necessárias várias sessões, semanal ou quinzenal. Indicado para melhorar a textura e o viço da pele, as manchas e o fechamento dos poros. Quando se trata de acne, o efeito é secativo;

4) Peeling intermediário: realizado com uma combinação de ácidos, promove uma descamação mais intensa com formação de crostas (casquinhas). É necessário preparar a pele com soluções despigmentantes 15 dias antes da aplicação. É utilizado para melhorar a textura da pele, as manchas mais profundas e as rugas mais acentuadas;

5) Peeling profundo: é o famoso peeling de fenol. Este é realizado em hospital, pois provoca queimadura intensa e só pode ser realizado com anestésico injetável e sedação. Logo após o procedimento, ocorre descamação cutânea intensa, inchaço, formação de crostas (casquinhas) muito espessas por 15 a 20 dias e exige cuidados médicos diários neste período. Esta modalidade exige que a pessoa se afaste de suas atividades por 15 a 20 dias e a exposição solar é proibida.

Portanto, se você quer deixar sua pele com um aspecto jovem e linda para o verão, agora é a hora!!! Aproveite.
Inverno chegando, é a hora de fazer peeling Inverno chegando, é a hora de fazer peeling Revisado by Faça Fisioterapia on 06:38:00 Nota: 5

Nenhum comentário